31 maio

Você sabe o que é Placemaking e a sua relação com a ocupação de espaços públicos?

Project for Public Spaces
O site Project for Public Spaces (PPS)  foi criado especificamente para propor soluções para os espaços públicos. Ele está assente em uma filosofia, que os criadores chamam de Placemakingm cujo resume está abaixo e que pode ter alguns princípios bem utilizados para a elaboração de projetos para Ribeirão Preto. Segue o resumo, via Google Tradutor:

“Placemaking é um movimento silencioso que reinventa espaços públicos como o coração de cada comunidade, em cada cidade. É uma abordagem transformadora, que inspira as pessoas a criar e melhorar os seus locais públicos. Placemaking fortalece a conexão entre as pessoas e os lugares que eles compartilham .

Placemaking é a forma como moldamos coletivamente nossa esfera pública para maximizar o valor compartilhado. Enraizada em participação baseada na comunidade, placemaking envolve o planejamento, design, gestão e programação dos espaços públicos. Mais do que apenas a criação de uma melhor concepção urbana de espaços públicos, placemaking facilita padrões criativos de atividades e conexões (culturais, econômicos, sociais e ecológicos) que definem um lugar e apoiar sua evolução contínua.”

O site tem um blogue, onde estão expostas diversas experiências de ocupação de espaços públicos, e uma área de projetos, divididos por áreas. Uma delas, bem interessante, diz respeito especificamente às regiões centrais, que pode ser acessada aqui.

No vídeo abaixo, o site mostra a reabertura da área central do distrito histórico de Houston, que, como está descrito “é quase impossível pensar que, há apenas alguns anos, esta mesma praça no centro da zona histórica de Houston foi uma vez descrita como “sem vida” e “assustadora”  foi apresentado no ‘Hall da Vergonha’ do Project for Public Spaces.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.