22 ago

Associação lança cartilha contra desperdício de alimentos

Foto: The Guardian/Vegware

Nos Estados Unidos, a cada ano, cerca de 80 bilhões de quilos de comida são desperdiçados

Este mês, o site do jornal britânico The Guardian (http://www.theguardian.com) publicou uma repirtagem bastante interessante sobre o que está sendo feito nos Estados Unidos para se combater o desperdício de aimentos. O início dela segue abaixo:
“Para muitas empresas e ativistas que trabalham para aumentar a eficiência alimentar, a erradicação do desperdício de alimentos de forma ambientalmente irresponsável, pode ajudar a alimentar os necessitados.
Karen Hanner, diretora de uma rede sem fins lucrativos de bancos de alimentos, chamada Feeding America, coloca a questão de forma sucinta: “Enquanto a comida vai para o lixo, 37 milhões de americanos lutam para alimentar suas famílias.”
Este mês, a Feeding America, juntamente com a Food Waste Reduction Alliance – (FWRA), uma iniciativa intersetorial da indústria de alimentos, lançou um kit (em pdf) destinado a auxiliar os produtores a reduzir o desperdício de alimentos que eles enviam para aterros sanitários.
O documento é gratuito e pode ser acessado neste endereço: http://www.foodwastealliance.org/wp-content/uploads/2014/04/FWRA_Toolkit_FINAL_0415141.pdf. Ele vem na sequência de outras iniciativas, como a do Estado de Massachusetts, que recentemente determinou que grandes empresas devem reciclar os restos de alimentos em áreas de compostagem ou através de operações para a alimentação de animais. “O desperdício de alimentos é comum em varejistas, fabricantes e restaurantes”, diz Gail Tavill, vice-presidente de desenvolvimento sustentável para a ConAgra Foods e um dos autores do kit. Estudos atuais mostram que 80 bilhões de quilos de alimentos acabam em aterros anualmente. A maioria (47%) vem de resíduos residenciais, restaurantes (22%), restaurantes de fast-food (15%) e instituições (11%). “Compartilhar as melhores práticas para fazer melhorias em todo o sistema, demodo a reduzir este desperdício faz muito sentido”, diz Tavill.”

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.